NOTÍCIAS

SECRETARIA DE HABITAÇÃO DERRUBA CASAS DESABITADAS NO TROPICAL II

Parauapebas- Nesta manhã desta quinta-feira, 18 de janeiro, a Secretaria de Habitação (SEHAB) com o apoio da Secretaria de Urbanismo (SERUB) e Policia Militar (PM), começaram a realizar a segunda etapa do processo do cumprimento do acordo que o governo municipal fez com os moradores do bairro Tropical 2, na altura do linhão.
Esta etapa, chamada de Selagem, tem o objetivo de derrubar as casas que não possuem moradores.

Foi realizado um levantamento onde a Secretaria de Habitação juntamente com a Associação dos Moradores identificaram 475 casas nesta localidade, na qual 47 estavam desabitadas. Depois deste levantamento, a SEHAB entrou para demolir estas casas.

A vice-presidente da Associação dos moradores, Selma Martins, que estava no local acompanhando a ação, resalta que a Associação não tem nenhuma participação na demolição das casas.
“Esta ação da Secretaria da Habitação foi feita sem aviso prévio, mas os moradores já estavam consciente de todo o processo que a prefeitura está realizando para a mudanças dos moradores para um novo local”, disse.

As casas derrubadas foram identificadas como desabitadas pela secretaria de Habitação; as equipes que realizavam as demolições averiguavam antes te derrubar, se o local possuía móveis ou utensílios.

Mas o morador Ismael Silva que morava há quatro anos em uma das casas que foram demolidas está indignado com esta ação da prefeitura. Segundo ele, os vizinhos na hora que a equipe de demolição chegou ao local foi avisada que a casa era habitada mas igualmente ela foi ao chão.
“Eu sou carpinteiro, faço bicos para tentar me sustentar, tinha arrumado um trabalhinho lá no cidade jardim, uma amiga me ligou falando para vir pois minha casa seria derrubada. Chegando aqui já não tinha mais nada, não tenho para aonde ir” diz o rapaz, nervoso.

Adolfo Magalhães, assistente de administração em uma loja de conveniência, é outro morador que está indignado. A meses construindo sua casa de alvenaria, economizando cada centavo para realizar seu sonho de ter seu lar.
“É muito triste ver meu sonho destruído no chão, vim correndo do meu trabalho quando me informaram o que estava acontecendo aqui. Eu quero saber porque estas autoridades não estão arrumando nossas ruas, colocando polícia para prender bandido? Eu sou trabalhador e com muito suor estava construindo minha casa, e agora o que eu faço?” Diz revoltado o jovem.

Segundo a secretaria de habitação, os moradores desta localidade serão remanejados para outro local, que o processo licitatório está em andamento e que a demolição das casas no bairro Tropical II tem como objetivo a segurança dos moradores pois as casas abandonadas estavam servindo como ponto de venda de drogas e prostituição.

Nota à imprensa

Em relação à ação de desmobilização realizada na área conhecida como “Ocupação do Linhão”, a Prefeitura de Parauapebas informa que:

A ação foi realizada, exclusivamente, em moradias onde não há registro da presença de moradores, conforme relatórios sociais documentados pela Secretaria Municipal de Habitação.

Após levantamento social feito na área e diálogos mantidos com os moradores, a Prefeitura prevê para o primeiro semestre deste ano, desenvolver projeto de habitação de interesse social com o objetivo de atender todas as famílias cadastradas e que atendem aos requisitos necessários para o benefício da unidade habitacional.

Todo o material recolhido na ação ficará disponível na Secretaria de Serviços Urbanos (Semurb) por até dez dias. A ação realizada visa, ainda, impedir que novas ocupações ocorram naquela área.

A Prefeitura de Parauapebas reafirma o seu compromisso em garantir moradia digna às famílias de menor renda do município.

Assessoria de Comunicação –

Ascom/PMP


Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


POPULARES

Topo