NOTÍCIAS

Vira caso de justiça a decisão sobre os pagamentos dos funcionários demitidos das lojas Big Ben no Pará

A demissão em massa após o fechamento das lojas Big Ben ainda repercute. Está programada para as 12h uma audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) entre os patrões e alguns dos funcionários para decidir um possível acordo para recebimento da multa rescisória.

Alguns funcionários informaram que o acordo proposto pela empresa prevê a diminuição em 30% no valor a ser pago. Em alguns casos, os descontos seriam de até 50%, o que deixaria o valor muito baixo para o tempo de serviço que prestaram.

Pela manhã, à  fim de pressionar a empresa e reivindicar o pagamento adequado pelo tempo trabalhado, alguns dos funcionários se reuniram na Praça Brasil, em frente ao TRT, na travessa Dom Pedro I.

O caso

No dia 30 de janeiro, por conta de um processo de recuperação judicial da Brasil Pharma, grupo de varejo responsável pela gestão da rede de farmácias Big Ben, cerca de 40 lojas foram fechadas em Belém e outras cidades do Pará e 200 farmacêuticos, além de diversos outros profissionais, foram demitidos.

PARAZÃO TEM DE TUDO/Com Informações do DOL



POPULARES

Topo