ESPORTES

Paysandu bate o Atlético-ES e leva a vantagem na decisão

O Paysandu abriu boa vantagem na final da Copa Verde. Mesmo jogando fora de casa, no Kleber Andrade, em Cariacica (ES), a equipe paraense bateu o Atlético-ES por 2 a 0 pela partida de ida, com dois gols do artilheiro Cassiano.

A partida contou com transmissão da Rádio Futebol Interior, em parceria com a Rádio Clube de Belém, além de acompanhamento no tradicional Placar FI, o mais completo da internet e único que acompanha a Copa Verde desde o início, com informações de todas os jogos.

Com o resultado, o Paysandu pode até perder por um gol de diferença no segundo jogo, no Mangueirão, em Belém (PA), na quarta-feira, dia 16 de maio.

Os paraenses buscam o segundo título da Copa Verde. Finalista também em 2014 e 2017, o Paysandu foi campeão em 2016 e é a equipe que mais participou de finais da competição. O Atlético disputa a decisão pela primeira vez.

COMEÇOU DEVAGAR

O primeiro tempo não teve muitos lances de perigo. No início, o Atlético tinha uma postura mais ofensiva, buscando o ataque para fazer o resultado em casa, mas era o Paysandu quem chegava com mais perigo, explorando os contragolpes.

Aos poucos, o ritmo da partida foi caindo e os lances de perigo e finalizações passaram a ser cada vez mais raros. Até o intervalo, as duas equipes travaram disputas ríspidas no meio de campo, com muita marcação, mas poucas jogadas agudas.

PAPÃO ABRE VANTAGEM

O jogo só ganhou em emoção no início da segunda etapa, quando Cassiano abriu o placar para o Paysandu. Aos nove minutos, o centroavante roubou a bola do zagueiro Kleber Viana, invadiu a área e tocou na saída do goleiro.

Aos 27 minutos, o artilheiro da Copa Verde voltou a balançar as redes e ampliou a vantagem. Lançado em velocidade, Cassiano ganhou a disputa com Rhayne e bateu forte para o fundo do gol, marcando pela nona vez na competição.

Ficha Técnica
Atlético-ES 0 x 2 Paysandu
Local: 
estádio Kleber Andrade (em Cariacica-ES);
Data: 25/04/2018 (quarta-feira);
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR);
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO); 4º árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES);
Gols: Cassiano aos 9′ e aos 27′ do 2º tempo;
Atlético-ES
Bambu; Paulinho, Kleber Viana, Rhayne e Marcos Felipe; Vitor, Araruama (Charles) e Fabiano (Pagode); Franklin, Uálisson Pikachu (Chiquinho) e Eraldo. Técnico: Zé Humberto.
Paysandu
Renan Rocha; Edimar, Diego Ivo (Douglas Mendes) e Perema; Matheus Silva (Willyam), Nando Carandina, Renato Augusto e Mateus Muller; Moisés, Mike (Magno) e Cassiano. Técnico: Dado Cavalcanti.
 Futebol Interior


POPULARES

Topo