ESPORTES

Paysandu larga na frente, mas cede empate ao Juventude

O Paysandu manteve a invencibilidade no Campeonato Brasileiro da Série B, mas perdeu a chance de dormir na liderança ao empatar com o Juventude, por 1 a 1, na noite desta sexta-feira, no Estádio Alfredo Jaconi, pela quinta rodada.

Com 11 pontos, o Paysandu “roubou” a vice-liderança do Fortaleza, que tem dez e ainda vai jogar nesta rodada. O Vila Nova é o líder com 12. Por outro lado, o Juventude tem cinco pontos e segue próximo da zona de rebaixamento, na 15ª colocação.

O Juventude volta a campo na próxima terça-feira, contra o Criciúma, às 21h30, no Heriberto Hülse, em Criciúma. Já o Paysandu recebe o São Bento no sábado, às 16h30, na Curuzu, em Belém. Os jogos são válidos pela sexta rodada.

O Jogo – O jogo no Alfredo Jaconi começou fraco tecnicamente e sem emoção. O Juventude tentava esboçar uma pressão, mas esbarrava nos passes errados. Com um time misto, o Paysandu se preocupava primeiro em não levar gols para depois tentar um contra ataque. A primeira grande oportunidade veio aos 18 minutos.

Fellipe Mateus levantou para dentro da área e Choco apareceu livre, mas furou na hora de cabecear e Renan Rocha ficou com a bola. O Juventude foi se soltando aos poucos. Fred cobrou falta fechada e ninguém apareceu para completar. Na sequência, Yuri Mamute caiu dentro da área pedindo pênalti, mas o árbitro mandou o lance seguir.

E quase que foi o Paysandu quem abriu o placar aos 31 minutos. Renan Gorne aproveitou falha da defesa alviverde, invadiu a área e bateu cruzado. Matheus Cavichioli fez linda defesa com as pontas dos dedos. Mas aos 42 não teve jeito. O Papão desceu no contra-ataque e Thomaz acertou um chute forte no cantinho do goleiro.

O gol bicolor foi a gota d’água para a torcida do Juventude, que começou a pegar no pé do time, principalmente do técnico Julinho Camargo. Os jogadores deixaram o gramado debaixo de muitas vaias.

Logo aos três minutos, Caio Rangel passou por dois marcadores e saiu na cara de Renan Rocha, mas a finalização foi em cima do goleiro. Na sequência, o camisa 11 deixou mais uma vez o zagueiro para trás e cruzou rasteiro. Dentro da pequena área, Douglas Mendes tirou a bola, que já havia passado pelo camisa 1 bicolor.

O Paysandu assustou em falta cobrada por Mateus Muller. A bola passou no meio da barreira. Assim como aconteceu no primeiro tempo, o Papão foi se aproveitando do nervosismo do Juventude para equilibrar a partida. Thomaz cobrou falta e Matheus Cavichioli espalmou para escanteio.

Aos 24, Caio Rangel recebeu na segunda trave, dominou e soltou a bomba para linda defesa de Renan Rocha. No rebote, os jogadores reclamaram de um pênalti no zagueiro Bonfim que não foi marcado. O Paysandu ficou com um homem a menos aos 32 quando Alan Calbergue foi expulso e quase o Ju empata na sequência em bicicleta de Fred.

O time gaúcho se lançou com tudo para cima. Pará cruzou e Ricardo Jesus, livre de marcação, cabeceou por cima. Aos 36, Yuri Mamute recebeu dentro da área, ganhou no corpo do zagueiro e bateu rasteiro sem chances para Renan Rocha. E quase Mamute vira para o Juventude.

 

Futebol Interior



POPULARES

Topo