PARAUAPEBAS

EVANGÉLICO É EXECUTADO EM PLENA LUZ DO DIA EM PARAUAPEBAS

Delmar Paiva de Lima, 44 anos de idade, vulgo (Dudão), evangélico, a aproximadamente um ano, natural de Tucuruí/PA,
autônomo, (eletricista e técnico em refrigeração), foi executado com vários tiros por volta das 14 horas de sábado, 07.

O crime aconteceu após a vítima receber uma ligação instante em que deixou sua eletrônica que funcionava em sua própria casa, saiu para atender o chamado.

Ainda de acordo com as informações a vítima que estava em seu veículo foi acompanhada quando entrará na Avenida Carajás momento em que foi abordado por quatro homens em duas motos que sacando suas armas dispararam vários tiros contra Delmar Paiva, que ainda correu cerca de 100 metros sendo seguido por um dos pistoleiros.

Ainda segundo informações ao ser alcançado pelo pistoleiro a vítima teria parado e na tentativa de escapar de seu algoz ainda gritou “Olha a polícia, olha a polícia”, mesmo assim o assassino sem dó e piedade desferiu vários disparos contra a cabeça da vítima que mesmo pedindo por clemencia não foi perdoado. A vítima era evangélico, casado, pai de 8 filhos, no meio dos evangélicos ninguém entendeu o que pode ter ocorrido, e tão pouco souberam relatar o que a vítima tenha feito ou praticado para que fosse sentenciado julgado e morto.

Após os levantamentos de praxe realizado pela Polícia Civil o corpo de Delmar Paiva foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML), encaminhado para o Centro de Perícia Científica Renato Chaves de Parauapebas onde passará por necropsia. Quanto ao seu veiculo atingido com cerca de 18 disparos foi conduzido pela polícia e encaminhado para o pátio da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas onde passará por pericia.

Até o fechamento desta matéria a polícia ainda não tinha pistas do paradeiro dos assassinos.

(Caetano Silva)



POPULARES

Topo