EDUCAÇÃO

A PRINCÍPIO DE INCÊNDIO, HIPÓTESE ALGUMA OS ALUNOS PODERÃO SER DISPENSADOS, DIZ O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE PARAUAPEBAS

PARAUAPEBAS

Pais e alunos da Escola Municipal Nelson Mandela, se fizeram presente numa reunião que aconteceu na tarde de terça-feira(26), nas dependências da instituição. Os pais dos alunos puderam ver de perto o que seus filhos vêm enfrentando na escola. Calor insuportável devido a falha nos equipamentos de refrigeração do ar, banheiros e outras áreas em condições de abandono.

A Escola Nelson Mandela (a nova escola) que ainda está em construção, só poderá atender 1000 alunos, o que não será suficiente para suprir a necessidade da comunidade. Muitos pais de alunos se indignaram com a atual situação do prédio.

Neste mês de fevereiro foi comunicado à Secretaria de Educação que houve um princípio de incêndio em umas das salas de aulas. Diante dos riscos presentes, o professores resolveram paralisar as aulas na última sexta-feira(22). A educação da “Capital Nacional do Minério” está na UTI.

O Sr. Secretário Luiz Veira respondeu ao comunicado que o portal de noticias Parazão Tem de Tudo teve acesso, em primeira mão, a resposta ao memorando de nº24/2019 do dia 19 de fevereiro para Escola Municipal Nelson Mandela, onde o secretário Luiz Veira fala em escrita que, em hipótese alguma, os alunos poderão ser dispensados. O problema de vazamento de gás ou qualquer outro que surgir, deverá ser resolvido imediatamente para que não haja danos a comunidade.

Veja aqui:

Já o 23º GBM de Parauapebas, diz que, De acordo com o relatório de vistoria técnica de número 1º a Escola Municipal de Ensino Fundamental Nelson Mandela, não está autorizada por esta Corporação ao seu funcionamento, logo a mesma está funcionando de forma irregular.

Confira aqui:

O Coordenador Geral SINTEPP, Raimundo Moura comunicou ao Portal de Notícias Parazão Tem de Tudo, que depois de um Laudo Técnico do Corpo de Bombeiros, condenando a atual estrutura física da Escola Nelson Mandela, os pais que fazem parte das comunidades dos Bairros Alto Bonito, Casas Populares II, Tropical I e II e Ipiranga, decidiram pela suspensão das aulas naquela escola, até a inauguração do novo prédio, previsto para ser entregue no dia 31 de março de 2019, pela Prefeitura Municipal de Parauapebas.

O local onde funciona a Escola Nelson Mandela não oferece as minhas condições e coloca em risco a vida das crianças e dos servidores.
Diante dessa preocupação, uma comissão composta pelos pais, representantes da comunidade, servidores, conselho escolar e o Sintepp, reuniu nesta tarde do dia 26/02, com o chefe de gabinete e o secretário municipal de educação, para encontrar uma alternativa para o problema, depois de uma reunião massiva com a comunidade.

Na reunião com o governo foi tirado o seguinte encaminhamento para ser apresentado na reunião com a comunidade amanhã, dia 27/02, que acontecerá as 9 horas.

As aulas ficarão suspensas até a inauguração da nova escola, prevista para 31 de março, e os alunos excedentes serão transferidos para a escola Fênix, Cidade Nova, onde funcionará como anexo da escola até que o governo providencie um espaço adequado na própria comunidade.

Para garantir a frequência desses alunos no anexo, será viabilizado o transporte escolar diariamente.
Caso os pais e a comunidade aprovem esse encaminhamento, os dias parados serão reposto, mediante calendário especial que será construído pelo Conselho Escolar e aprovado pelo COMEPA.

O SINTEPP foi enfático em cobrar do governo mais planejamento e responsabilidade com a escola pública e solicitou que nenhum servidor fosse prejudicado em função da paralisação da escola.

Parauapebas/PA, 26/02/2019.

Até a oclusão do término desta matéria, a Secretaria Municipal de Educação de Parauapebas não se manifestou sobre o assunto.

Por: Sen Toagi


Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


POPULARES

Topo