POLÍTICA

VEREADOR ELIAS SOLICITA QUE REAVALIE O PROJETO DE LEI QUE BENEFICIARÁ MILHARES DE PESSOAS CARENTES EM PARAUAPEBAS

Na Sessão Ordinária desta terça-feira(23), da Câmara Municipal de Parauapebas, o vereador Elias da ConstruForte (PSB), falou do programa social que é capaz de ajudar milhares de pessoas carentes do município, mas, que, infelizmente, corre o risco de não ir adiante.

O que seria, segundo o vereador, uma crueldade com aqueles que mais necessitam de amparo do Poder Público.

Em fevereiro do ano passado, a primeira indicação do legislador de, numero 01/2018, foi aprovada por todos os vereadores e vereadoras da Casa de leis.

A lei solicitava que o Executivo criasse um Programa Social, nos moldes do Bolsa Família, para ajudar as famílias carentes do município.

Pois, o governo acatou a indicação e a transformou em Projeto de Lei, embora tenha reduzido o valor solicitado e mantido a mesma quantidade de famílias. Em seguida, mandou para ser votado na Câmara.

De acordo com o projeto 10 mil famílias seriam contempladas. Cada família iria receber um cartão no valor 100 reais, para comprar em comércio local e de preferência em seus bairros. Fomentando também o comércio.

O valor é pequeno, mas, ajudaria as famílias que estão sem ter o básico em suas casas.

Como acontece com todos os projetos que chegam à Câmara, é preciso passar pela procuradoria e pelas comissões, antes de irem para votação em plenário. Infelizmente, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação emitiu um parecer decidindo pelo arquivamento do projeto.

Ou seja, ele não irá nem para votação. Está cancelado.

Segundo Elias, não quis julgar o mérito que levou a esta decisão, mas solicitar, humildemente, em nome das dez mil
famílias, que a Comissão reavalie o ato e deixe a decisão ser tomada em plenário.

O presidente da Casa, vereador Luiz Castilho, também está se esforçando para reverter essa decisão.

Ele solicitou aos membros da comissão para que não arquivem um projeto tão relevante como esse.

Deixem ele seguir para votação em plenário.

Seja qual foi o motivo do pedido de arquivamento, essa é uma decisão que precisa ser muito muito bem avaliada, pois ela afetará muitas famílias.

Existem pessoas passando fome na rica Parauapebas.

O vereador falou também que os agentes políticos não pode fazer de conta que essa triste realidade não existe.

Deve trabalhar pela aprovação e fiscalizar o fornecimento pelo Executivo.

Elias aproveitou a oportunidade e sugerir a união de forças, Legislativo e Executivo, de forma a viabilizar a implantação do Projeto Gerar. Projeto que beneficiará 2.500 pessoas que trabalharão 4 dias e farão 1 dia de qualificação por semana, recebendo Mil Reais por mês, cada um.

Juntando estes dois projetos, mensalmente, milhões de reais estarão circulando no município.

Para a Prefeitura de Parauapebas este valor é pequeno, mas para os comerciantes, desempregados e famílias em situação de risco, este valor é muito significativo.

Nada se compara ao emprego, mas, enquanto isso, essa medida paliativa vai ajudar muito a rica Parauapebas.


Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


POPULARES

Topo