POLÍTICA

TRF-2 DETERMINA A VOLTA DE MICHEL TEMER À PRISÃO

Michel Temer - Greve dos caminhoneiros

Nesta quarta-feira, 8, o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) decidiu por dois votos a um que o ex-presidente Michel Temer voltará para a prisão. O amigo de Temer, coronel Lima também deverá ser preso novamente.

O desembargador Ivan Athié, da Primeira Turma Especializada, concedeu liminar para Temer fosse solto – ele ficou preso por quatro dias. O Ministério Público Federal pede a revogação desta decisão. O ex-presidente e coronel Lima são acusados de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Após a decisão, Temer disse, em São Paulo, que se apresentará “voluntariamente” à Justiça Federal, e que a decisão foi uma “surpresa desagradável” e que vai recorrer ao Superior Tribunal de Justiça.

O alvará de soltura será recolhido e a 7ª Vara Federal Criminal, que determinou inicialmente a prisão, será oficiada para expedir os mandados de prisão preventiva.

Com informações de G1 e O Dia.


Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


POPULARES

Topo