REDENÇÃO

REDENÇÃO TEVE UM FIM DE SEMANA VIOLENTO

Redenção, no sul do Pará, teve um fim de semana violento. Além da briga de facções criminosas dentro do presídio da cidade, que deixou três mortos, outros dois homens foram assassinados de sábado, 11, para domingo, 12, no município.

Pelas estatísticas da criminalidade, Redenção começa a despontar como um dos municípios mais violentos do interior do Estado. Na madrugada de domingo, por volta de 3 horas, Edilson Pielles de Oliveira foi assassinado a tiros. O crime aconteceu nas proximidades de um bar, no setor Capuava.

Em um trabalho rápido de investigação, a Polícia Militar prendeu o autor do crime, José Carlos da Silva, quando ele tentava fugir da cidade. Segundo informações, os dois homens tinham desavenças antigas.

Na noite anterior (sábado), Renato Silva de Almeida foi assassinado com vários tiros também no setor Capuava. A Polícia Civil agiu rápido, identificando um dos autores do crime, Gabriel da Silva, que foi preso pouco depois por uma guarnição do Grupamento Tático da Polícia Militar (GTO) no setor Santos Dumont.

Segundo a Polícia Civil, as investigações continuam para tentar localizar outros dois indivíduos que são suspeitos de envolvimento no crime. Na manhã de domingo, a cidade acompanhou estarrecida a briga de facções criminosas dentro do Centro de Recuperação de Redenção, que resultou na morte dos detentos Marcos Aurério Fileski (o Baiano), Raí de Sousa Viegas e Cícero Gomes Feitosa.

Marcos Aurélio teve a cabeça decapitada e as mãos cortadas. Ele teve ainda a barriga aberta e os órgãos arrancados. Depois da cena de barbárie, os detentos ainda tocaram fogo no corpo dele.

Na ação, cinco pessoas foram feitas reféns, mas liberadas após negociações com representantes da OAB, Promotoria de Justiça, juiz da Comarca de Redenção e a direção da unidade prisional. Após o ato de selvageria, a situação foi contornada e os gentes prisionais, com apoio da Polícia Militar, realizam revista e recontagem dos presos.

Fonte: Correio de Carajás


Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


POPULARES

Topo