CANAÃ DOS CARAJÁS

Estrada que liga posto 70 à Canaã dos Carajás, abandonada e ameaçada de corte

O trecho de 45 quilômetros teve seu projeto de estadualização aprovado na Alepa em 2015, porém não sancionado até agora pelo governador Jatene.

Motorista que trafegam pela estrada de terra que liga o Posto 70 (na BR 155), à cidade de Canaã dos Carajás precisam ficar atentos. Depois das fortes chuvas que caíram nos últimos dias, as pontes estão seriamente ameaçadas de serem levadas pela correnteza, e a qualquer momento um rompimento total da via pode acontecer.

As fortes e constantes chuvas que caem naquela região estão danificando a base que dá suporte as pontes, devido o grande volume de água. Por conta disto a previsão é que a estrada poderá ser cortada a qualquer momento.

As últimas informações são ás de que os passageiros estão fazendo baldeação para seguir viagem.

ESTADUALIZAÇÃO / ABANDONO

Do Posto 70 na BR 155 à cidade de Canaã dos Carajás, são 45 quilômetros de estrada, considerada uma das vias mais movimentadas em virtude do grande fluxo de veículos de cargas e automóveis que deixam a BR 155 rumo a Canaã e Parauapebas.

Diante de várias promessas de asfaltamento, essa estrada vem ocupando lugar de destaque na lista das estradas inacabadas e abandonadas no estado do Pará. Mas de dois anos já se passaram e caminhoneiros e passageiros continuam sofrendo com a estrada que não dispõe de asfaltamento e sinalização.

Diante das promessas não cumpridas, vários deputados tentaram junto ao governo do estado a estadualização da mesma, porém sem êxito até agora.

As tentativas vêm desde 2009, com o então deputado, João Salame, depois de Salame, apareceu o deputado estadual Hilton Aguiar e até o Fernando Coimbra (PSD), que teve seu projeto aprovado na Assembleia Legislativa (Alepa), em 2015, mas até agora não foi sancionado pelo governador Simão Jatene.

Para dá suporte ao projeto de Coimbra, a Associação Comercial, Industrial e Agropastoril de Canaã dos Carajás (ACIACCA) colheu 23 mil assinaturas através de um abaixo assinado e entregou nas mãos do deputado, mas também não foi suficiente para sensibilizar ao governador Jatene.

Tentamos o  contato com a SETRAN – Secretaria de Estado de Transportes

Mais Informações Aqui

 


POPULARES

Topo