MARABÁ

MOTORISTA QUE ATROPELOU O JOVEM PATINADOR SE ENTREGA A POLÍCIA

O homem identificado como Marcelo Napoleão Andrade, de 38 anos de idade, natural de Teresina, no Piauí, que exerce a função de Agente Administrativo no Ministério do Trabalho, desenvolvendo suas funções na Estação Cidadania, localizada no shopping karajás em Parauapebas, é o motorista de um veículo Honda Civic, de cor prata, que atropelou na noite da última sexta-feira (7) o adolescente Wellison Farias Azevedo de apenas 16 anos de idade.

Wellison Farias foi atropelado violentamente enquanto patinava na Rodovia PA-275, nas proximidades da Rua 16 em Parauapebas. Socorrido, o jovem foi encaminhado para o Hospital Geral de Parauapebas (HGP), onde encontra-se com o quadro clínico extremamente grave, inclusive respirando com a ajuda de aparelhos na UTI.

Wellison Farias Azevedo

O motorista do veículo, identificado como Marcelo Napoleão, não prestou nenhum tipo de socorro à vítima e estava sendo procurado pelas autoridades policiais, que na noite de ontem (8), conseguiram localizar e apreender o veículo que causou o atropelamento, como foi noticiado em vários veículos de comunicação da região.

Na hora do acidente, uma das integrantes do grupo filmava a desenvoltura dos patinadores e flagrou como aconteceu. Logo o vídeo se espalhou pelas redes sociais e veículos de comunicação de Parauapebas. As fortes imagens deixaram a população de Parauapebas revoltada com a não prestação de socorro por parte do motorista, até aquele momento, não identificado.

veja novamente o vídeo:

Enquanto as autoridades policiais estavam em busca de Marcelo Napoleão Andrade, ou até mesmo esperando que ele se apresentasse em Parauapebas, durante a tarde deste domingo (9) chegou a confirmação que ele havia se apresentado de forma espontânea por volta de 13h30 na vigésima primeira Seccional de Polícia Civil em Marabá, distante 165 KM de Parauapebas, onde na oportunidade, foi ouvido pelo delegado plantonista Willian Moura, afirmando que o acidente registrado em Parauapebas, que resultou no atropelamento do jovem patinador se trata de uma “lesão acidental de trânsito”.

Marcelo Napoleão Andrade

Agora, diante do depoimento de Marcelo Napoleão Andrade, que se apresentou em outra jurisdição, caberá ao delegado José Aquino, responsável pelo caso em Parauapebas, pedir ou não a prisão preventiva do motorista do Honda Civic, tendo em vista que de acordo com as imagens que circulam pelas redes sociais, não tem característica de uma “lesão acidental de trânsito”, sendo que a ultrapassagem foi feita em local proibido, inclusive, em cima de uma faixa de pedestres, atingindo violentamente Wellison Farias Azevedo.

 

Com informações do portal Pebinha de Açúcar


Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POPULARES

Topo