CELPA

LUZIA CONSEGUE PARCELAR DÍVIDA COM A CELPA E VOLTA A FABRICAR VASSOURAS ECOLÓGICA

A artesã Luzia Martins de Jesus já voltou a trabalhar na sua casa fabricando vassouras ecológicas com garrafas pets recolhidas nas ruas. Depois da sua história virar notícia em vários veículos de comunicação entre eles o Parazão Tem de Tudo e nas redes sociais, a Centrais Elétricas do Pará (Celpa) aceitou fazer um novo acordo e reduziu o valor dívida da residência de Luzia.

Ela é moradora do bairro do Cuió-Utinga, na comunidade Canaã e é uma senhora muito pobre, que mora em condições precárias com três filhos.Viúva, Luzia recolhe garrafa pet nas ruas da capital para fabricar as vassouras, que são seu meio de sobrevivência. Após ter a energia cortada pela Celpa, em maio ela conseguiu que a concessionária parcelasse o débito de R$ 1.635 mil em 48 vezes de R$ 79,59. Mas, no segundo mês não conseguiu pagar o acordo e a Celpa cortou a energia e por 12 dias, Luzia ficou com a casa às escuras, impossibilitada de produzir as vassouras.

Ajudada pela comunidade do bairro, um grupo de moradores liderado por André Pinheiro, que administra o perfil Curió News no facebook, decidiu fazer uma vaquinha on line e conseguiram arrecadar R$ 600. Porém, em três tentativas nas agências da Celpa da Pedreira e Cidade Nova, a concessionária de energia se recusou a aceitar o acordo para Luzia pagar os R$ 600 e fazer novo parcelamento.

Após a divulgação, a Celpa reviu a postura e propôs novo acordo. segundo André, Luzia pagou uma entrada de R$ 100 reais e o restante do débito doi parcelado em 15 parcelas de R$ 24,93.

O restante do recurso arrecadado pela comunidade será usado para ajudar Luzia e os filhos a se manterem, segundo informou André.( Com informações do Portal Roma News)


Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


POPULARES

Topo